quarta-feira, 1 de março de 2017

Panquecas de banana e noz


Na Terça-Feira Gorda celebra-se o Pancake Day em alguns países anglo-saxónicos. A lógica por trás deste "dia de de fazer panquecas" é precisamente a mesma que nos leva a celebrar o Carnaval: a tradição católica diz que o último dia antes da Quaresma (que começa hoje, Quarta-Feira de Cinzas) deve ser aproveitado para nos prepararmos para o período de penitência que se vive até à Páscoa. 

Diz a tradição que durante a Quaresma os católicos se devem abster de celebrações e de comer carne, sendo que a "carne" surge aqui em sentido figurativo, representando tudo aquilo que possa constituir um prazer. Por esse motivo, um pouco por todo o mundo cristianizado, surgiram diversas tradições relacionadas com a Terça-Feira Gorda, o último dia antes da abstinência e jejum da Quaresma. Uma dessas tradições consiste em aproveitar este dia para esvaziar a dispensa de tudo o que pudesse constituir uma tentação durante a Quaresma. Foi assim que, no Reino Unido, surgiu o Pancake Day.

As panquecas são uma tradição antiga e os seus 4 ingredientes-base encontram-se repletos do simbolismo que marca esta época do ano: os ovos simbolizam a criação, a farinha representa o sustento, o sal representa a integridade e o leite surge como um símbolo da pureza. 

A minha proposta para este dia de fazer panquecas foge um pouco destes ingredientes. São panquecas saudáveis, cheias de super-alimentos e ideais para um pequeno almoço ou lanche que nos mantenha saciados até à refeição seguinte.

Ingredientes 
(4 panquecas grandes)

1 chávena (chá) de flocos de aveia
2/3 chávena (chá) de miolo de noz
1 chávena (chá) de água
1/4 chávena (chá) de sementes de linhaça
2 bananas maduras
2 colheres (sopa) de mel
1 colher (chá) de canela
1 pitada de sal

Topping:
1 banana
10 a 12 morangos
Mel e nozes a gosto

1. Colocar a aveia e as sementes de linhaça* num robot/processador e picar até obter uma farinha grossa (na Bimby: 2 toques no turbo / 2 seg)

2. Juntar os restantes ingredientes e reduzir a puré (na Bimby: 20 seg/vel 5). Não se pretende obter um polme demasiado fluído mas uma massa espessa; 

3. Pincelar uma frigideira anti-aderente com um pouco de óleo. Levar ao lume e deixar aquecer um a dois minutos. Colocar duas colheres de sopa de massa, dando-lhes a forma de panqueca. Fritar cerca de um minuto, verificar se a parte de baixo está cozida e virar, fritando mais um minuto. Repetir o processo até esgotar toda a massa;

4. Servir com rodelas de banana, morangos, nozes e mel a gosto. 

*As sementes de linhaça têm uma casca muito resistente aos sucos gástricos. Podem consumir-se inteiras mas triturá-las é a melhor forma de garantir que não são digeridas inteiras e que usamos todo o seu potencial nutritivo.


2 comentários:

  1. Devem ser muito boas, vou levar a receita para o pequeno almoço de amanhã! beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem! Depois quero ver fotos! :)
      Beijinho!

      Eliminar